quarta-feira, 13 de abril de 2016

A VIDA A TEU LADO



A VIDA A TEU LADO
Autor: Nilton Bustamante

Ah, se tu soubesses, amor meu,
o que faço pelos dias, pelas noites,
ser vidraça,
ser silêncio a me vestir de sereno,
deixar suave e macia
a vida ao teu lado,
para não te ver sofrer.

Amor meu,
se tu soubesses...

Fazes mais que a chama
em minhas asas de cera a me largarem
das infinitas alturas, esquecidas de mim mesmo.

Ah, amor meu,
se tu soubesses...

Correndo nos campos meus,
livre flores às mãos
sorrindo,
apanhando ventos
em rodamoinhos de adeus
sairia em desejado abraço
deixaria de ser lembrança,
ficaríamos segurando taças vazias
olhando os dias vindo quentes em noites frias
e os olhos teus carregando os meus
em perdições que não consigo entender
que não consigo saber
o que poderia vir depois
quando seríamos apenas instante sem tempo,
tudo que se queria
tudo que se permitiria, até mesmo ser feliz

Ah, amor meu,
se tu soubesses...

Como amo o amor teu, serias filme sem final:
todas as vezes que teus olhos fossem fechados
todas as vezes se abririam
nos meus


.
.
.
____________________________________
Cristina Branco - Fria Claridade (fado)
https://www.youtube.com/watch?v=b4sVIhYYqrA


.
.
.
__________________________________
fado: "Canto de Amor"



Nenhum comentário:

Postar um comentário