quarta-feira, 15 de maio de 2013

OUTRO DIA




OUTRO DIA
  Autor: Nilton Bustamante

Outro dia
Pensei tanto tanto
Em você
Parecia que tudo era até sem querer

Outro dia
Pensei tão suave
Em você
Parecia magia dessas quando a lua vem cheia de amor
Virando a noite, beijando o dia
Seguindo palavras que se escondem por aí
Seguindo os rastros das canções
Que quem ama consegue ouvir baixinho em algum lugar
Mais profundo, no mais sentido do coração

Outro dia
Pensei tanto e tão suave
Em você
Que desmanchei-me em delicada poesia
Só para não esquecer sua voz falando baixinho o que só meu coração conseguiu ouvir
Você sabe, meu bem, que a cigarra canta anunciando a alegria da chuva, festejando o verão...

Outro dia
Quem sabe mais um dia, talvez eu consiga ser seu Dirceu
E você, mais uma vez ser minha mais doce e linda... Marpoesia


...

Nenhum comentário:

Postar um comentário