quarta-feira, 24 de maio de 2017

PARA GLÁUCIA


PARA GLÁUCIA
Autor: Nilton Bustamante

O meu amor chorou
Não por causa das alturas, nuvens de algodão
Nem pelos além-mares que o avião atravessou

O meu amor chorou
Ao ver Lisboa banhada pela luz do sol que a pouco acordara para festejar a saudade,
Abraçar esse amor que atravessou num salto sete vidas, “sete pedaços de vento”

O meu amor chorou
Ao pisar no solo que foi porto, desgosto da distância
Sorriso dos amores, acenos que ficaram para depois
Histórias tatuadas na alma, da mãe, mãe da mãe e do avô

O meu amor chorou
E eu chorei junto



_______________________________
Sete Pedaços de Vento (Cristina Branco)


Nenhum comentário:

Postar um comentário